Enfim, Noruega!

Hej amiguinhos,

eu sei que prometi um post sobre o stopmotion, mas precisei adiar o tema porque no final de semana rolou uma aventura muito bacana: eu e o Bruno fomos para a Noruega!

E por um motivo muito especial: visitar o Even – o intercambista Norueguês que morou conosco em Santa Cruz do Sul durante um ano há cinco anos atrás! Como o tempo de vôo de Estocolmo e Oslo é de apenas uma hora, não havia desculpa pra adiar essa viagem que, embora bem curtinha, foi muito legal!

 

11

Chegando em Oslo – sol e muuuuito frio!

 

Chegando em Oslo, fomos recebidos pelo próprio Even e o pai dele. De lá, seguimos viagem até Hamar, a cidade onde eles moram – uma cidade pequena, mas muito bonita na beira do lago Mjøsa, a uma hora de distância de carro da capital. Even e sua família foram muito gentis em nos hospedar e oferecer a melhor experiência norueguesa possível – com direito a um banquete bem típico, com carne de alce(!) e cloudberries de sobremesa :]

 

12

Rune, Torill, Even e eu :]

 

No dia seguinte, o Even e a mãe dele nos levaram pra conhecer a cidade :] As paisagens nos deixaram muito encantados e o frio era bem mais intenso do que o de Estocolmo, fazia uns -11º – o que me pegou de surpresa… superestimei a minha “adaptação” ao frio e temi a perda do meu dedãozinho hahaha

frozen

 

A primeira parada foi o Hedmarksmuseet, um museu de história Medieval da Noruega que possui ruínas de uma catedral construída no século XI – e destruída pelos suecos em 1567 (freaking swedes!). Uma estrutura de aço e vidro foi construída para preservar as ruínas – uma das coisas mais lindas que eu já vi! É uma visão de cair o queixo! Infelizmente, não pudemos entrar, mas o lugar continua funcionando como uma igreja, abrigando muitos casamentos e, em função da acústica perfeita, muitos concertos.

 

16

Hedmarksmuseet – lindo!

01

Ruínas da Catedral de Hamarkaupangen – incrível!

 

Além das ruínas, o museu possui um parque maravilhoso às margens do lago Mjøsa (leia-se “Miossa“), o maior lago da Noruega. Mais uma visão de cair o queixo! Eu fiquei perplexa com a paisagem, acho que nunca tinha visto tanta imensidão e neve assim… só em cartão postal ou protetor de tela de Windows. Foi maravilhoso! E o Bruno se divertiu muito quicando pedrinhas na água :]

 

03

Bruno, eu e o lago Mjøsa <3

Bruno quicando pedrinhas ;]

Bruno quicando pedrinhas ;]

04

nós turistando com Torill e Even

13

nós <3

07

Even, Bruno e Torill

 

Não bastasse a paisagem de água infinita e o frio… ainda tinha um bocado de neve! Mas neve de afundar os pés! Neve pra caramba! E a criatura feliz aqui se divertiu um monte tentando caminhar nela :] Na minha cabeça, eu ia ser a coisa mais graciosa que a Escandinávia já viu correr na neve… mas na realidade, eu tava mais pra um pinguim desengonçado mesmo.

 

05

Eu coisa mais linda, mais cheia de graça na neve…

só que não! hahaha

só que não! hahaha

 

Depois de descongelar uns dedões no carro, o tour continuou no centro da cidade. Deu pra notar que Hamar é pequena e charmosa, a cidade toda é voltada para o lago Mjøsa que pode ser visto de quase todos os lugares (de tão grande que é). Como era domingo, praticamente todos os estabelecimentos estavam fechados e, segundo o Even e a mãe dele, quase todas as pessoas estavam na estação de cross-country ski (pesquisem no google), então pareceu super pacífico e silencioso, mas eles garantem que rola um movimento na cidade durante a semana :]

 

08

Turistando em Hamar – Torill, eu e Even

Detalhe no calçamento da cidade

Detalhe no calçamento da cidade

Bruno marcando nosso território no Kunstsenter <3

Bruno marcando nosso território no museu

10

Estação de trem de Hamar – um charme!

 

Voltamos para o aeroporto de Oslo de trem, e durante todo o percurso vimos paisagens maravilhosas do lago Mjøsa (jura!). O passeio foi tão curtinho que deixou eu e o Bruno com muita vontade de voltar e conhecer as outras coisas lindas da Noruega… os fiordes e a aurora boreal estão na lista <3

Além disso, deu pra matar a saudade do Even! Como é bom rever pessoas queridas! Acho que ele e a família gostaram da nossa visita tanto quanto nós – também a minha família ficou super feliz lá no Brasil :] Resumindo… foi um final de semana sensacional!

Mal posso esperar pra outras aventuras por essas terras!

Beijinhos congelados ;***
Ana

SARA + Aniversário do Bruno

Hej hej

Alguns amigos têm perguntado a respeito das aulas de arte realista aqui na Suécia, então resolvi fazer um post a respeito ;]

Confesso que, antes de vir pra Estocolmo, eu estava bastante nervosa a respeito dessas aulas. Arte realista… Suécia… vai saber! Encontrei a escola pela internet e mesmo tendo bastante informações a respeito dos professores e do método, estava um pouco insegura sobre o que iria encontrar lá. Felizmente, a SARA – Swedish Academy of Realistic Arts, não só se provou uma excelente escola, como me surpreende a cada semana que eu volto lá.

Pra começar, a escola em si é linda. Mostrei essa foto pra uma amiga muito querida e ela respondeu que parecia um sonho. E parece mesmo! Toda quarta-feira, chegando pra aula eu penso nisso… “puxa, quem diria!”

 

01

 

A escola: SARA – Swedish Academy of Realistic Arts

 

Meus professores são artistas incríveis e o ambiente da escola é muito inspirador! Acho que vale a pena passar alguns minutos vasculhando o site da escola pra ter uma ideia –atelierstockholm.se/. O método das aulas é baseado no curso de arte realista tradicional de Charles Bargue e o nível de exigência é bem alto… perfeição.

Ainda estou na minha primeira peça – um perfil humano. Meio que me arrependi de escolher um com barba, mas ok… vamos lá… desafio ;] hahaha

Ao final de cada aula eu tiro uma foto do meu desenho pra poder comparar e ver a evolução:

 

02

1ª semana

 

03

 2ª semana

 

Eu sei, é difícil perceber muita diferença, mas de uma semana pra outra eu melhorei a proporção do desenho e acertei melhor as distâncias e a posição dos elementos. É um trabalho de formiguinha, conferindo linha por linha, distância por distância. O objetivo é tomar tempo pra pensar e copiar o desenho o mais próximo o possível, no olho mesmo. Pra ajudar a ver a evolução, eu fiz um gif… ta daaa!

 

03

 

Eu saio da aula exausta, é um baita exercício de paciência e exige muita (mas MUITA) concentração e determinação. Na primeira aula, não desenhei nada, só tivemos uma explicação sobre o funcionamento da escola e o tipo de trabalho que faríamos dali pra frente… e, naquele dia, eu duvidei que conseguiria desenhar desse jeito. Mas sabe que agora eu até acho que tenho me saído muito bem. Não estou perto do final dessa peça, ainda tenho que trabalhar muito nela – embora pareça um desenho simples… mas estou contente com o que eu consegui completar até agora e estou super ansiosa pra continuar, terminar essa peça e partir pros próximos níveis (que ainda me assustam um pouco… mas tá na chuva, é pra se molhar, certo?!). Acabou que estudar arte realista na Suécia foi uma excelente ideia :]

– x –

Mas nem só de aulas e trabalho eu tenho ocupado meus dias por aqui… Essa semana rolou um acontecimento bastante agitado: o aniversário do Bruno (êêêêê!)

No dia 11 de fevereiro o Bruno completou mais um aninho de vida! (E pode ser que eu estava muito mais animada a respeito disso do que ele hehehe) Rolou decoração na casa, velinhas, bolo, presente e muita festa \o/ Quem conhece o Bruno sabe o a pessoa sensacional que ele é e o quanto merece comemorar essa data, por isso preparei muitas surpresas pra ele, com muito amor <3

 

04

Birthday boy <3

 

Uma das supresas foi um bolo de kit kat bem lindo (e gigante!). Não foi exatamente uma surpresa, porque o Bruno andou pedindo por esse bolo há um tempo, mas foi muito legal fazer um bolo de aniversário pra ele <3 E foi a minha vez de ter um desafio na cozinha… e modéstia a parte, eu arrasei muito! hahaha

A massa do bolo é pouco diferente da massa que eu estou acostumada a fazer no Brasil… aqui bolo de chocolate que se preze é bolo embatumado. Aham… nada de fermento, nada de leite – incluse *fun fact*, bolo de chocolate aqui se chama ‘bolo de lama’. Ainda assim, é uma delícia e é uma pedida imperdível pra um fika (Nota mental: fazer um post sobre fika). Dei uma incrementada bem doce… com muita nutella, kita kat e m&m; mais umas decorações dignas do meu aniversariante e voilà(!) olha que lindo que ficou :] hahaha

 

06

E o melhor: o Bruno aprovou (Y) eba!

Chega de blog por hoje! Semana cheia pela frente! Vou ter bastante trabalho e bastante material pro próximo post que vai ser sobre o stop motion em que eu estou trabalhando :]  Enquanto vocês pulam carnaval aí, eu vou pular pra minha cama.

Beijinhos congelados ;***

Ana

Sobre o final de semana: Bruno’s Cooking Challenge

Hej amiguinhos,

Nossos finais de semana aqui na Suécia tem sido bem caseiros :3 com o frio e a neve lá fora, a vontade de comer algo gostoso e ficar de preguiça embaixo das cobertas é sempre grande (e seria mesmo sem o frio e a neve). Mas nesse final de semana resolvemos começar uma coisa diferente: o Bruno adora cozinhar pratos diferentes (é um hobby que ele curte muito) e eu adoro comer. Podia ser mais perfeito? Eu acho que não <3

 

O03

 

Então a idéia é: eu lanço o desafio, sugerindo um tema ou um estilo pro prato e o Bruno cria alguma coisa e cozinha <3 (eu ajudo, claro! hehehe)

Dessa vez o Bruno mesmo que se desafiou, mas eu topei muito: molho de tomate caseiro! Nada de pomarolla, nada de coisa pronta… Tudo na mão, tudo no amor.

 

O04
Deu uma trabalheira. Acho que o Bruno ficou umas três horas na cozinha, no mínimo. Mas entre uma música e outra, um pãozinho com azeite de oliva e uma beliscada nas panelas… passou rapidinho :] E ficou uma delícia! Não levou tanto tempo pra raspar os pratos, foi vapt vupt – de tão bom que ficou!

 

O01

 

Criador e criatura <3

O Bruno sempre cozinha muito bem, é incrível como ele consegue fazer coisas mirabolantes e deliciosas! E se já era bom antes, agora com o incentivo do desafio eu mal posso esperar pelos próximos experimentos! Vou documentar tudo, eu prometo!

Mas provavelmente o próximo vai ser invertido: quem vai pra cozinha sou eu (medo!). Mas tudo por uma ótima causa: quarta-feira, dia 11, é aniversário do Bruno e como ele é um namorado maravilhoso, mais do que merece o meu esforço e carinho pra fazer um bolo de kit kat bem lindo pra ele <3 – me desejem sorte!

Acho que com a promessa desse bolo nos vemos no próximo post, certo? :]

Beijinhos (não tão) congelados (pq já tá 4 graus lá fora! yay!) :***

Ana

Just Like Ana: uma aventura na Escandinávia

Hej amiguinhos,

 

Como há muito tempo prometido, eis o blog! (ta daaa)

Ainda tenho algumas coisas a resolver a respeito dele, mas o principal objetivo é manter meus amigos atualizados e, na medida do possível, fazer com minha família se sinta mais próxima e tranquila – já que a saudade é uma coisa louca :]

 

Então vamos às novidades, sim?!

Fazem três semanas desde que cheguei em Estocolmo e as coisas não poderiam estar melhores. Digo… poderiam sim.

 

catbugok

 

Poderia ser menos frio e ter mais sol, mas eu já aprendi que isso está bem fora do controle e o que me resta fazer é me adaptar. Logo, a maior parte do meu orçamento do mês de janeiro foi gasta em roupas mágicas e quentes, que só os europeus sabem fazer – e modéstia à parte, foi uma decisão muito sábia, porque, antes disso, até as orelhas eu já andei congelando (sim, isso é possível!).

Também gostaria de ter mais amigos de verdade, mas eu também já aprendi que os suecos são um povo delicado. Não dá pra chegar com toda a brasileiridade e achar que vai encantar. Não, não vai. E de novo… adaptação. Um passo de cada vez :] Eu já aprendi que minha vizinha não me evita por nojo, mas sim, por timidez. E na verdade, eu não posso reclamar, já conquistei um punhadinho modesto de amigos queridos – a maioria deles, graças ao Bruno <3

Por sinal, o Bruno, meu namorado, é a principal razão pela qual eu vim para a Suécia.

Em agosto do ano passado ele se mudou pra cá em função de estudos e desde então começamos a pensar na possibilidade de eu também ficar por aqui um tempo com ele. Cá estou <3 Estamos morando juntos e curtindo muito tudo isso. E claro, como nenhum de nós nunca teve a experiência de morar com o namorado(a), também estamos aprendendo muito. Certamente vou postar muitas coisas sobre nós e as aventuras diárias que estamos vivendo (‘cuz of louve) :] – inclusive já temos muitas ideias pro blog (nos aguardem!)

 

05

Bruno e eu <3 

 

Obviamente, eu não estou aqui em Estocolmo fazendo nada. Oras.

Estou fazendo aulas de desenho realista na SARA – Swedish Academy of Realistic Arts (atelierstockholm.se), que até então têm sido um tanto quanto intensas e desafiadoras, mas também MUITO boas. Eu ainda vou fazer um post melhor sobre a escola, o método e – dependendo da evolução – meus desenhos, claro.

 

03

 SARA – Swedish Academy of Realistic Arts

 

Além disso, também estou trabalhando em uma animação de stopmotion (!). Pausa pra assimilar a informação. Aham! Legal, né?! Há um tempo atrás eu entrei em contato com a coordenadora do curso de animação da SADA (Stockholm Academy of Dramatic Arts – parecido, mas não é a mesma instituição), a Lina, que foi muito gentil em me apresentar à Mimi, quando cheguei em Estocolmo. A Mimi é estudante de animação e está fazendo seu projeto de conclusão de curso – e que, felizmente para mim, precisava de ajuda pra fazer os bonecos e os cenários do projeto dela. Então, até abril, estarei envolvida nesse projeto – que é incrível e pode ser acompanhado no blog: http://smellymemories.tumblr.com/ . Também pretendo escrever mais a respeito do projeto. Vou postando curiosidades e fotinhos pra vocês verem como é bacana esse tipo de trabalho. Eu não poderia estar mais animada :]

 

02

SADA – Stockholm Academy of Dramatic Arts 

 

Acho que tá bom pra começar né?!

Nos vemos no próximo post :] Beijinhos congelados :***

Ana

Page 2 of 212